sábado, 23 de outubro de 2010

CHINA: UM PAÍS PARA QUEM TEM ESTÔMAGO

Não adianta. Uma das primeiras perguntas que fazem quando uma pessoa regressa da China é: E a comida?
Cardápio do restaurante de comida Pequinesa.
Um dos melhores almoços que tivemos. 
Ao chegar em Pequim meu colega e eu fomos dar uma volta pelas ruas próximas ao hotel. Uma simples caminhada que me provocou enjôo e náuseas. O cheiro extremamente forte era de virar qualquer estômago! É um cheiro tão característico da China que resolvemos descrevê-lo como “cheiro de China”.

O odor forte, acredito eu, vinha dos inúmeros restaurantes de comidas típicas. Ao contrario do que eu imaginava, a comida chinesa não é tão leve. Tudo é frito em óleo de amendoim, responsável por deixar um sabor diferente e engordurado nos pratos mais ocidentais como batata frita.


Almoço de comida Cantonesa. Sopa, tofus, vagens rechadas e fritas
e alguns pratos não identificados.

O primeiro almoço foi de comida Cantonesa. Uma espécie de comida chinesa em que se preza o frescor da comida. Pelo restaurante há aquários em que você escolhe o peixe, lagosta ou caranguejo, que deseja comer, e o garçom o mata em sua frente para depois prepará-lo. Para nós foi feito uma espécie de pout-pourri que não agradou muita gente. Já a comida Pequinesa é melhor. Frango xadrez, verduras, bolinhos fritos, carnes e pimenta em quase todos os pratos. O jeito que arranjamos para sobreviver era almoçar comida chinesa e jantar comida ocidental: pizza hut, McDonalds, macarrão... O que também não quer dizer que o fedor e o gosto melhorava muito.





Abaixo segue uma edição dos vídeos que gravei das comidas, desde os cafés da manhãs até a famosa rua de comidas estranhas (espetinhos de escorpião, cavalos marinhos e estrelas do mar).


video


OS ESTRANHOS BARES

Os bares chineses são bem diferentes do que imaginamos. Fomos á um bairro de Pequim chamado Ohai. Dezenas de bares com música ao vivo, animados e lotados em torno de um grande lago. Em primeiro lugar, nos bares, eles comem PIPOCA! É muito estranho, mas como o cinema custa 90 yuans (algo que gira em torno de um quinto do salário de um recém formado) eles não tem o costume de comer pipoca vendo um filme. A solução é pagar 15 yuans (o que também não é muito barato) por um pote de pipoca. Escolhemos um barzinho bem legal, com um palco e apresentações. Primeiro veio um palhaço fazendo malabarismo, depois uma chinesa fazendo Pole Dance e por fim uma banda de rock. Uma atração bem diversificada, não?

video


Nos bares a comida é melhor e mais cara. Para os ocidentais o custo nem é tão grande (comparado com a necessidade de se comer algo conhecido e sem cheiro ruim, ainda que alguns pratos chineses sejam bons, como o pato laqueado).  Mas ainda assim, fica a dica: se for á China leve Dramin!

Próximos posts da série:
> BEIJING: O SÍMBOLO DA TRADIÇÃO CHINESA
> SHANGHAI: UMA CIDADE CONFUSA
> EXPO SHANGHAI: PAVILHÃO BRASILEIRO NÃO FICA A DESEJAR NA MAIOR FEIRA DO MUNDO

terça-feira, 19 de outubro de 2010

CHINA: UM PAÍS DE EXTREMOS



Brasão localizado na Assembléia Popular da China, na Praça Celestial da Paz.
O NEUROSIDADE, como foi dito no último dia 7, foi á China. Uma experiência única, e quando eu digo única é para levar ao pé da letra mesmo. Nada supera as barreiras culturais e econômicas que existe entre o Brasil e a China. Tudo na China é imenso tanto em construções, monumentos e avenidas quanto no vão confuso que compõe a paisagem das principais cidades (prédios feios rodeados por mega construções com desing futurista e entre tudo isso um templo budista de 900 anos.)

Templo Buda de Jade, localizado no meio do caos de Shanghai.
Dentro dele ouve-se as buzinas da rua.
A China cresce cerca de 10% ao ano; um número muito elevado, mas que é o necessário para que o país se levante da situação que estava. Hoje ainda percebemos na paisagem sinais de como toda a China era: prédios iguais, com pinturas rachadas, sujas e janelas abarrotadas de roupas lavadas e bicicletas penduradas. Junto com essa paisagem agressiva há os tradicionais e históricos edifícios de dinastias passadas que constituem a identidade do povo. Esses dois elementos vistos nas ruas eram o espelho do povo chinês. A partir do momento que a China passa a se abrir para o mundo, ocorre um desenvolvimento brutal na paisagem das cidades que junto com os prédios feios e construções de telhadinhos chineses, entraram torres grandiosas, arquiteturas futuristas, luzes em painéis, letreiros e ornamentos de ruas; entre as bicicletas, carroças, Gols, Pálios e Santanas surgiram Mercedes e BMWs. Dentro de um governo comunista há nitidamente uma diferença social grandiosa. Abaixo seguem algumas fotos que mostram um pouco da extremidade chinesa










 
Em uma década a China cresceu muito e sua evolução veio de forma tão feroz que ela se tornou um pais de extremos: Há ricos e pobres, edifícios milenares e modernos, carros velhos e novos, pessoas que aprenderam a lidar com os ocidentais e pessoas conservadoras... A China está num processo de definição de identidade e isso se reflete na paisagem que com certeza é a primeira coisa que o turista nota ao chegar.

 

Centro histórico de Shanghai rodeado por buzinas e prédios modernos.

Esta, sem dúvidas, foi a observação mais concreta que tive durante a viagem. Nos próximos posts você irá acompanhar outras peculiaridades chinesas com fotos e vídeos. Olha o que vem por aí:

 
> CHINA: UMA PAÍS PARA QUEM TEM ESTÔMAGO
> BEIJING: O SÍMBOLO DA TRADIÇÃO CHINESA
> SHANGHAI: UMA CIDADE CONFUSA
> EXPO SHANGHAI: PAVILHÃO BRASILEIRO NÃO FICA A DESEJAR NA MAIOR FEIRA DO   MUNDO




Fique ligado!

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

NEUROSIDADE VAI Á CHINA!

Amanhã, à 1:30 da manhã, o NEUROSIDADE embarca para China. 26 horas de viagem com escala em Dubai. Objetivo: representar a universidade FAAP na Expo Shanghai, a feira que reúne todos os países do mundo em um só lugar, divididos em estandes que mostram um pouco da cultura e os planos deles para o futuro.

Passarei 3 dias em Pequim e 4 em Shanghai. Dessa vez vou levar uma câmera filmadora e uma máquina fotográfica de boa qualidade para não perder nenhum momento e poder compartilhar com vocês todas experiência que estão por vir.

Serão 12 dias de viagem e, portanto, o blog vai ficar um pouco parado. Para quem não sabe, o governo comunista fiscaliza muito a Internet e o acesso á determinados sites fica restrito, por isso, assim que eu voltar o NEUROSIDADE irá realizar uma série especial sobre a China!


EXPO SHANGHAI
Em 1° de maio de 2010 teve início a maior Exposição Universal de todos os tempos em Shanghai, China. A Expo Shanghai conta com a participação de cerca de 200 países e organizações internacionais e espera receber aproximadamente 70 milhões de visitantes dentre chineses e estrangeiros, governantes e curiosos, sendo a maior participação prevista em toda a história das Exposições Universais. 

Desde sua primeira edição sediada em Londres no ano de 1851, as Exposições Universais tornaram-se sinônimos de um grande evento que atende discussões econômicas, tecnológicas e culturais, servindo como uma importante plataforma de troca de experiências, inovação e demonstração de cooperativismo. 

A Expo Shanghai é a primeira das Exposições Mundiais a ser realizada em um país em desenvolvimento, o que ressalta as expectativas que a comunidade internacional deposita no desenvolvimento futuro da China. E as expectativas em torno dessa Expo não podiam ser melhores: não restam dúvidas de que o povo chinês irá apresentar ao mundo uma exposição esplêndida e inesquecível. Fiquem ligados aqui para conferirem o que rolou por lá. 

Pavilhão do Brasil na Expo Shanghai. É nesse lugar que estarei.



  ATÉ A VOLTA!

domingo, 3 de outubro de 2010

PALHAÇOS ELEGEM OUTRO PALHAÇO COM MAIS DE 1 MILHÃO DE VOTOS

Sabe de uma coisa? O Brasil bem que merecia um governo bem ruim! O povo deveria passar por situações bem difíceis, sentir na pele e no bolso o que é ter políticos de péssima categoria.Só assim pra levar a sério a eleição. O povo brasileiro, o maior palhaço do mundo, fez jus ao nariz vermelho e elegeu um palhaço maior ainda: o Tiririca.




Tantas foram as pessoas que criticaram, que avisaram, alertaram e apontaram a falta de preparo do candidato que o povo simplesmente quis eleger ele pra fazer o quê depois? Piada com os amigos, no boteco, dizendo que votou no ‘abestado’? Abestado é quem votou nesse palhaço. Não é porque “Pior que tá não fica” que todos devem acabar de vez com o Brasil, colocando pessoas como o Tiririca (sem base ou conhecimento algum) em Brasília.

O Brasil sofre de um mau: “Se não tem coisa boa então que vá um que pelo menos me faz rir”. Quem vai rir será ele que vai embolsar TODO MÊS 8 mil reais, fora os benefícios. Isso se não houver nenhuma ação ilegal no decorrer do mandato. Aí, esses 8 mil podem triplicar e a gente nem ver.

Realmente isso é triste. Por outro lado, fico feliz com outros resultados. Dia 31 temos o segundo turno e eu espero, sinceramente, que esses 1,323,544 milhões de pessoas não vão ás urnas. Que fiquem se olhando no espelho dando risada da própria cara de palhaço.