quarta-feira, 22 de setembro de 2010

"VOTE NA DILMA", MAS VEJA ANTES QUEM É ELA

Recentemente recebi por e-mail um comentário do Arnaldo Jabor (comentarista do Jornal da Globo e colunista da Folha de São Paulo) que foi proibido pelo TSE. Questões ideológicas e ideias de liberdade de expressão á parte, vou reproduzir aqui o comentário proibido. Cada um vota em quem quiser, mas é importante que a gente veja com clareza tudo o que cerca CADA candidato e, no caso do Brasil, ver qual é o menos pior.




VOTE NA DILMA !
As promoções da época!
Vote na Dilma e ganhe, inteiramente gratis, um José Sarney de presente agregado ao Michel Temmer.
Mas não é só isso, votando na Dilma você também leva, inteiramente grátis (GRÁTIS??) um Fernando Collor de presente.
Não pense que a promoção termina aqui.
Votando na Dilma você também ganha, inteiramente grátis, um Renan Calheiros e um Jader Barbalho.
Mas atenção: se você votar na Dilma, também ganhará uma Roseana Sarney no Maranhão, uma Ideli Salvati em Santa Catarina e uma Martha Suplício em S.Paulo.
Ligue já para a Dirceu-Shop, e ganhe este maravilhoso pacote de presente: Dilma, Collor, Sarney pai, Sarney filho, Roseana Sarney, Renan Calheiros, Jáder Barbalho, José Dirceu, Delúbio Soares, José Genoíno, e muito, muito mais, com um único voto.
E tem mais, você também leva inteiramente grátis, bonequinhos do Chavez, do Evo Morales, do Fidel Castro ao lado do Raul Castro, do Ahmadinejad, do Hammas e uma foto autografada das FARC´s da Colombia.
Isso sem falar no poster inteiramente grátis dos líderes dos bandidos "Sem Terra", Pedro Stedile e José Rainha, além do Minc com uniforme de guerrilheiro e sequestrador.
Ganhe, ainda, sem concurso, uma leva de deputados especialistas em mensalinhos e mensalões. E mais: ganhe curso intensivo de como esconder dinheiro na cueca, na meia, na bolsa ..., ministrado por Marcos Valério e José Adalberto Vieira da Silva e José Nobre Guimarães.
Tudo isto e muito mais..
                                                                                                                        

Vote conscientemente! Pesquise, veja quais são as qualidades e os podres dos candidatos. No caso da Dilma, eu poderia escrever sua ficha criminal , mas acho que a imagem fala por si só. Ela não é uma montagem e a própria Dilma comunica ás emissoras de TV e rádio que nada falará a respeito dessa ficha. Durante debates políticos os outros candidatos não podem falar sobre isso senão serão punidos pelo TSE da mesma forma que o comentário do Arnaldo foi barrado. Ninguém nunca viu em debates, por exemplo, alguém chamar o Maluf de ladrão. No Brasil é assim: Todo mundo sabe das coisas, mas ninguém pode falar. Fica a ficha da Dilma para você tirar suas próprias conclusões.



No dia 3 de outubro vote com consciência!

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

BRASIL COMEMORA 60 ANOS DE TELEVISÃO, 60 ANOS DE MONSTROS

Há 60 anos atrás, exatamente no dia 18 de setembro de 1950, às 17h, na Avenida Alfonso Bovero, era inaugurada a PRF3 TV TUPI Difusora de São Paulo. A primeira emissora televisiva do Brasil e da América Latina.

Assis Chateaubriand - dono de revistas, jornais e emissoras de rádio - a partir de um acordo com a emissora norte-americana RCA, financiou a construção da TV Tupi, onde hoje funciona a MTV. O primeiro programa a ir ao ar foi o “TV Na Taba”.


Lia Marques em TV Na Taba

Depois desse pontapé inicial vieram a Rede Record em 1953, TV Excelsior em 59, TV Cultura em 60, Rede Globo em 1965, SBT em 81 e TV Manchete em 1983. Os mesmos profissionais do rádio lançavam-se na aventura de produzir programas televisivos sem conhecimento ou experiência alguma na nova aparelhagem.

Logo  oficiais de lançamento das missoras Globo, Excelsior, SBT, Cultura, Record e Manchete.

A TV Manchete depois de falida, em 1999, tornou-se a Rede TV! A TV Tupi encerrou seus trabalhos em 1980 e a Excelsior, depois de um incêndio que agravou mais suas dividas, fechou em 1970.

OS MONSTROS
Todas essas emissoras, e outras que surgiram mais tarde, lançaram grandes monstros em forma de programas, artistas e profissionais. São inesquecíveis as produções impecáveis de Sítio do Pica-Pau Amarelo, Fábulas Animadas, Falcão Negro, Capitão 7, TV Comédia, o Grande Teatro Tupi, os shows de calouros... E tantas foram as primeiras conquistas: a primeira novela Sua Vida me Pertence, o primeiro jogo de futebol São Paulo Vs Palmeiras, o primeiro programa de humor O Rancho Alegre, o primeiro jornal Imagens do Dia, o primeiro beijo com Vida Alves... Muita história para um único post.

Infelizmente muitos monstros ruins imergiram das profundezas do cafonismo. Márcia Goldschimidt, Nelson Rubens, Daniela Albuquerque, Iris Stefanelli, Netinho, Giane Albertoni e muitos outros que não nasceram para a TV, mas acabaram entrando por contato ou por atributos físicos.

Por outro lado, ao meu ver, a lista de monstros imortais da televisão é infinita. Cassiano Gabus Mendes, Fernanda Montenegro, Arlete Salles, Marco Nanini, Marieta Severo, Sérgio Cardoso, Mazzaropi, João Saad, Roberto Marinho, Chacrinha, Laura Cardoso, Raul Cortez, Lima Duarte, Ronald Golias, Silvio Santos, Chico Anysio, Dercy Gonçalves, Nelson Rodrigues, Cid Moreira, Irene Ravache, Aracy Balabanian... e muitos e muitos outros.


Dercy Golçalves, Cassiano Gabus Mendes, Ronald Golias, Mazzaropi, Raul Cortez, Fernanda Montenegro, João Saad,
Sílvio Santos, Roberto Marinho, Laura Cardoso, Chico Anysio, Sérgio Cardoso e Chacrinha.
 Hoje vemos alguns monstros surgirem, mas prefiro não citá-los, pois somente a história vai comprovar isso(profundo). No entanto, é fato de que gigantes como estes que citei irão se tornar cada vez mais raros.

Escolhi um vídeo de 4 grandes monstros da TV brasileira: Jô Soares, Nair Bello, Lolita Rodrigues e Hebe Camargo. É um momento histórico e hilário; no YouTube é possível encontrar todo programa e rir com as histórias que essas figuras contam. Minha vontade era recortar o trecho final do vídeo em que Lolita canta o Hino da TV Brasileira, o mesmo que ela cantou no dia da inauguração da TV Tupi. Mas como minha edição não foi aceita pelo Blogspot, coloquei o vídeo inteiro. Vale a pena assistir e morrer de rir com elas. Abaixo segue a letra bizarra do hino.




HINO DA TELEVISÃO
Vingou, como tudo vinga
No teu chão, Piratininga,
A cruz que Anchieta plantou:
Pois dir-se-á que ela hoje acena,
Por um altíssima antena
Em que o Cruzeiro pisou.
E te dá um amuleto,
O vermelho, o branco e o preto
Das contas do teu colar.
E te mostra, num espelho
O preto, o branco e o vermelho
Das penas do teu cocar.

 
Que assim continue pelos próximos 60 anos: Que o Brasil cada vez mais tenha acesso á televisão, que muitos outros monstros (bons) surjam e que as emissoras busquem sempre o aprimoramento de produção, programação, profissionais e artistas. Parabéns á todas emissoras, á todos os profissionais e estudantes da área.


Parabéns Televisão Brasileira pelos seus 60 anos!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

BANDA RESTART É A GRANDE VENCEDORA DO VMB 2010, VOCÊ GOSTOU?

Na virada do dia 16 para o dia 17, no Cedicard Hall em São Paulo, ocorreu o VMB, promovido pela MTV Brasil, que este ano comemora 20 anos no país. A premiação este ano foi diferente: os internautas votavam nos artistas em cada categoria; o mais votado vencia. Deu Restart! Em todas as categorias que estavam concorrendo, os meninos de estilo bem diferente, levaram o troféu. Ao total foram 5.



O programa foi muito bem elaborado. Marcelo Adnet foi responsável pelos quadros de humor e abriu o programa com um Rap que ia chamando outros artistas, como Sandy Leah. Um palco bem projetado, coberto por luzes LED que misturava-se com os corredores e o fundo. O pico de audiência foi de 2,1pts.

PROBLEMAS NA CHEGADA
Nem toda boa produção é 100% bem organizada. Enquanto assistia ao VMB, uma amiga entrou em contato comigo e disse que a entrada estava tumultuada e muitos dos que tinham ingressos não entraram, já os que não tinham conseguiram entrar.

PARTICIPAÇÕES
O VMB fechou em grande estilo com a participação da Valesca Popozuda e a Gaiola das Cabeçudas com um funk intelectual. Além da funkeira o VMB contou com a participação sem graça do Raul Gil, Ok Go, Roberto Justus, Ratinho, Danilo Gentili, Fresno, Otto e Capital Inicial.

FAMÍLIA RESTART
A Família Restart foi a grande responsável pela grande premiação da banda. Há quem não tenha gostado do resultado. Pelo Twitter muitos disseram que prêmio votado pela internet não representa a qualidade do artista e sim sua popularidade. Os meninos da banda chegaram a ser vaiados pela platéia, que torcia por Pitty, quando foram receber o prêmio de Hit do Ano. E VOCÊ, gostou dessa história? Olhe a lista abaixo e dê sua opinião aqui no NEUROSIDADE.


LISTA DE PREMIADOS:
Melhor Show: NXZERO

Internacional: JUSTIN BIEBER

Revelação: RESTART

Game do Ano: SUPER MARIO GALAXI II

Melhor Clip do Ano: RESTAR (Recomeçar)

Webhit: JUSTIN BIBA (Galo Frito)

POP: RESTART

MPB: DIOGO NOGUEIRA

Webstar: FELIPE NETO

Aposta Internacional: SCHOOL OF SEVEN BELLS

Música Eletrônica: BOSSIN DRAMA

Hit do Ano: RESTART (Levo Comigo)

Rock: PITTY

Rap: MV BILL

Artista do Ano: RESTART

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

ARLINDO CRUZ ENCERRA TURNÊ E COLOCA SÃO PAULO PRA SAMBAR

Com meia hora de atraso, Arlindo Cruz, na noite do dia 10 para o dia 11, encerrou sua turnê com o álbum que leva seu nome, ao vivo MTV, no Citibank Hall em São Paulo – O mesmo lugar onde foi gravado o CD e DVD.


Arlindo abriu o show com músicas empolgantes como “Da melhor qualidade”, “O Show tem que continuar” e "Camarão que Dorme". Além dessas músicas, o sambista cantou sucessos como “Meu Lugar”, “Saudade Louca”, “Aquarela Brasileira” e fechou com “Quem Gosta de Mim”.


O show foi animado, descontraído e colocou todos os paulistas pra sambar. Levei uma câmera não muito boa que tenho aqui, que só compensa pelo fato de ser bem pequena. Tentei tirar umas fotos e gravar um pouco do show. A qualidade não é ótima, mas dá pro caldo.



video



ARLINDO PASSOU MAL?
Logo depois de cantar os primeiros sambas, Arlindo anuncia: “Vou lá atrás e já volto. Ouve a banda aê”. Uma das vocalistas do trio faz um sinal de ‘não estar entendendo’ para o companheiro. A banda espera por alguns segundos e começam a tocar uma música desconhecida. Algumas pessoas começaram a falar que Arlindo devia estar passando mal, mas depois de 3 minutos ele retorna ao palco, agora com uma camisa verde.

TOALHA VERDE
Roberto Carlos joga flores, outros artistas toalhas brancas ou pretas. Arlindo Cruz joga toalhas verdes. As fãs vão até o pé do palco e ficam implorando por uma toalha; outras saem do camarote e vão até a multidão tentar uma toalhinha. Tudo por um objeto que absorve o suor do artista...


video

terça-feira, 7 de setembro de 2010

7 DE SETEMBRO CELEBRA UMA MENTIRA NACIONAL: A POTÊNCIA MILITAR

"Independencia ou morte!”
Antes Dom Pedro I tivesse gritado isso e antes a imagem do quadro O Grito do Ipiranga fosse um retrato da cena real. Mas como isso não é verdade, e quase todo mundo já sabe disso, vamos ao que nos leva ao dia da Independência do Brasil: O desfile militar.



Todo ano, no dia 7 de setembro, acontece em diversas capitais do Brasil, o desfile militar – Aquele que em Brasília sempre um cavalo sai desgovernado. Em São Paulo ocorre no Sambódromo do Anhembi. Se você nunca foi, não precisa se preocupar em ir um dia. Convenhamos que um país que não é potência alguma em armas, exército, navios e aviões (muito menos em polícia) não tem muito do que se gabar num desfile desses. Esse ano as pessoas aplaudiram os carros policiais da década de SETENTA! A força armada brasileira se gaba por preservar relíquias! Os aviões não voaram por causa da garoa! Avião não voa com chuva? Tudo bem que não daria pra fazer o show com a fumaça colorida, mas avião voa com chuva ou sem chuva. Fato! A marinha levou um barco á vela! Isso é potência? Se ainda nós fossemos um país que se vangloriasse por batalhas e guerras vai lá, mas o Brasil teve uma guerra com o Paraguai e participações em Guerras Mundiais. Mais ainda, se tivesse ocorrido uma grande guerra pela Independência, assim como alguns países africanos tiveram para se libertar da metrópole; mas não ocorreu.



O Brasil, querendo ou não, é um país “pacífico”. Fazer um desfile militar é querer fazer uma imagem daquilo que não somos. Nós nem tínhamos exército pra expulsar a resistência portuguesa; recorremos á ajuda inglesa. As pessoas que vão assistir ao desfile militar de 7 de setembro é porque tem algum parente desfilando lá. Na minha humilde opinião, o Brasil deveria celebrar aquilo que conquistou depois da independência e não como a conquistou, de forma mentirosa. Em vez de desfiles militares, espalhe atrações pela cidade, faça algo que mostre a cultura nacional, que desperte prazer em ser brasileiro, porque francamente: vendo aquele desfile ninguém vai se achar O Máximo em ser do Brasil. Ah, e, por favor: ainda mais numa época de eleições como esta, a gente mais do que merecia uma injeção de ânimos.




Brasil é um país incrível, com uma diversidade cultural que não há em país algum, temos uma riqueza natural maravilhosa, somos uma nação imensa e optamos por celebrar uma coisa tão pequena aqui que é o poder militar. Hoje eu vi mais bandeiras do Corinthians nas janelas – pelo seu centenário - do que as do Brasil – pela sua independência de 188 anos.

Eu AMO meu país, mas amo muito mais o Brasil que poucos conhecem. Pesquisem, leiam, conheçam nosso povo, porque não aprendemos metade dele nas salas de aula.

Viva o Brasil!
Feliz dia da Independência!